Capitolio


Resseguradoras aceitam assumir risco do Proagro

06 de setembro 2019

O governo quer repassar ao setor privado o risco do Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro), que conta com subsídios bilionários em anos de adversidades climáticas. As resseguradoras, por sua vez, consideram assumir a responsabilidade, mas demonstram preocupação com as regras do programa, conforme exposto em reuniões iniciais com técnicos do Ministério da Economia.

Na lista de itens que incomodam os resseguradores, estão a discricionariedade dos repasses do governo federal ao programa, a excessiva autonomia das instituições financeiras na apuração dos sinistros e a inadequação das alíquotas cobradas dos produtores.

Veja mais

Autor: Flávia Furlan
Referência: Valor Econômico