Capitolio


Thomas Cook deixa 600 mil sem voo

24 de setembro 2019

A agência britânica de viagens Thomas Cook foi à falência e deixou 600 mil clientes sem voo de volta para casa. O grupo é o segundo maior operador de viagens e turismo. A empresa precisará agora da ajuda de governos e de seguradoras para levar os turistas de volta aos países de origem. Além do Reino Unido, Alemanha, Grécia, Turquia, Egito e Suécia têm o maior número de viajantes prejudicados. A Thomas Cook não conseguiu assegurar 200 milhões de libras (cerca de US$ 250 milhões) necessários para garantir a sobrevivência, nem por meio de acordo com credores nem por pacote de ajuda governamental. Até o momento, não há informações sobre brasileiros na lista de prejudicados.

Referência: Correio Braziliense