Capitolio


Medicina personalizada é o futuro, mas há desafios

04 de outubro 2019

A medicina personalizada tratamento realizado conforme as características genéticas do paciente – é um caminho sem volta, mas para avançar no país ainda precisa enfrentar vários desafios, como questões regulatórias, capacitação de médicos e acesso à população. Além disso, há um risco de a medicina de precisão gerar ainda mais custo à saúde caso a sua adoção não seja bem planejada.

Essa é a opinião de representantes do setor que participaram do debate “Desafios da Saúde no Brasil”, realizado ontem pelo Valor em parceria com a empresa de medicina diagnóstica Hermes Pardini em São Paulo.

Veja mais

Autor: Anais Fernandes
Referência: Valor Econômico