Capitolio


Operadoras tentam alterar planos de saúde

25 de outubro 2019

Federação do setor apresentou pacote de propostas que enfrentam rejeição de entidades civis

Em um cenário de queda de clientes nos planos de saúde, a Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) apresentou suas propostas de alteração do sistema no país. No pacote, está a possibilidade de os reajustes dos planos individuais passarem a ser definidos pelas empresas e de serem criados planos segmentados, mais baratos e com cobertura menor. As propostas são polêmicas e enfrentam resistência de entidades civis.

A diretora-executiva da FenaSaúde, Vera Valente, argumentou que a Agência Nacional de Saúde (ANS), responsável por definir os índices máximos de reajustes nos planos individuais, estabelece valores abaixo dos custos das operadoras. Segundo ela, nos últimos dez anos os custos subiram 189%, enquanto o reajuste da ANS foi de 155%.

Veja mais

Autor: Mariana Ribeiro
Referência: Valor Econômico