Capitolio


Renúncia de diretor da Anvisa confunde investidores de maconha medicinal

03 de dezembro 2019

Mercado esperava voto favorável de Renato Porto em reunião desta terça (3)

A saída de Renato Porto da diretoria da Anvisa na sexta (29), antes da reunião sobre maconha nesta terça (3), bagunçou as expectativas de investidores do setor. Seu voto era tido como favorável ao registro.

Na pauta, estão a aprovação do regulamento sobre o plantio da cannabis e o registro de medicamentos a base da planta. Com a saída de Porto, antecipada pela coluna, nem os maiores especialistas arriscavam previsões. A aposta na liberação do cultivo é baixa, mas há esperança de aprovação do registro.

Autor: Joana Cunha
Referência: Folha de São Paulo