Capitolio


Começo de ano

02 de janeiro 2020

Coluna  Broadcast

Os investidores se preparam para um grande movimento no mercado de títulos públicos hoje, retomada dos negócios após o Revéillon e primeiro dia útil de 2020. Vencem Letras do Tesouro Nacional (LTN), há pagamento de cupom de Notas do Tesouro Nacional – Série F (NTN-F) e, consequentemente, ajuste nos fundos Índice de Renda Fixa de Mercado (IRF-M). Relatório da Renascença DTVM mostra que o vencimento das LTN 2/1/2020 deve somar cerca de R$ 91,7 bilhões, enquanto o pagamento de cupom de NTN-F é calculado em R$ 21,4 bilhões. No total, são R$ 113,1 bilhões.

Quem leva. O grande destaque fica por conta dos não-residentes, que detêm 47% de todo o estoque de NTN-F e receberão R$ 10,1 bilhões em cupom, segundo estimativa da Renascença. As instituições financeiras, com participação de 22,53%, devem ficar com R$ 4,84 bilhões; os fundos de pensão, com R$ 2,35 bilhões, considerando sua fatia de 10,92% no estoque do papel; as seguradoras, que têm participação de 5,56%, com R$ 1,19 bilhão; e, por fim, os fundos de investimento (detentores de 5,46%) devem receber R$ 1,17 bilhão. Os cálculos foram feitos com base no último Relatório Mensal da Dívida (RMD).

Referência: Estado de São Paulo