Capitolio


Deixe morrer

07 de janeiro 2020

Após ter suspensa a sua eficácia pelo STF, a medida provisória que extingue o DPVAT, o seguro obrigatório de veículos, não deve ter vida longa no Congresso. Aliados de Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado, dizem que ele vai deixar a proposta caducar.

Referência: Folha de São Paulo