Capitolio


Três acusados de fraude no Postalis viram réus

10 de março 2020

Vara Criminal Federal de Brasília aceitou denúncia contra o ex-presidente do Postalis Antonio Carlos Conquista, o ex-diretor do fundo de pensão Ricardo Azevedo e o ex-presidente do Grupo BNY Mellon José Carlos de Oliveira. Eles são acusados de crimes contra o sistema financeiro que provocaram um rombo de R$ 98 milhões no fundo de pensão dos Correios. A denúncia pede, ainda, R$ 295 milhões para reparação econômica e moral das vítimas. Os advogados não responderam à reportagem.

Referência: Estado de São Paulo