Capitolio


Maioria de coronavírus em SP ainda estão em regiões abastadas e hospitais privados

02 de abril 2020

Os casos de coronavírus seguem concentrados nas regiões mais prósperas e centrais da cidade. A maior parte deles (374) estava registrada nas unidades sanitárias da Lapa/Pinheiros e Vila Mariana/Jabaquara.

À ESPERA

As regiões de Guaianazes e Itaim Paulista, na zona leste, ainda não tinham casos registrados no dia 31 de março, segundo boletim da secretaria municipal de Saúde.

À ESPERA 2

Em Parelheiros, na zona sul, havia um caso apenas confirmado. O boletim lembra, no entanto, que há subnotificação de registros, por falta de testes.

À ESPERA 3

A pressão, portanto, ainda não chegou com força ao sistema público e segue concentrada no privado.

CHEGOU

De um total de 59 hospitais que têm pessoas internadas com Covid-19, só seis tinham mais de 30 pacientes até o dia 31.

CHEGOU 2

As instituições até agora mais pressionadas são a rede Prevent Senior, o hospital Albert Einstein e o Oswaldo Cruz, com mais de 60 internados cada um.

BALANÇA

Do total de 745 pessoas já hospitalizadas na cidade, com sintomas leves e graves, 114 foram curadas e receberam alta, ou 15,3% do total. Outros 118, ou 15,8%, morreram.

Autor: Monica Bergamo
Referência: Folha de São Paulo