Capitolio


Descentralização do SUS e falta de testes contribuem para elevada subnotificação

03 de abril 2020

Canal para a autonotificação por parte das pessoas que sentirem sintomas pode ser medida importante, diz sanitarista

O enfrentamento de um agente patógeno desconhecido e a falta de kits para testar todos os que apresentam sintomas correlatos à covid-19 tornaram mais evidente falha que já ocorria no monitoramento de outras enfermidades – a subnotificação de casos.

A diferença é que agora provoca preocupação maior pela velocidade de transmissão. Embora sustentem que o sistema de vigilância epidemiológica do país é dos mais eficazes do mundo, especialistas reconhecem que há sub-registro não só aqui, apontando também razões como descentralização na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS), no caso do Brasil, falha profissional ou até má fé. Nesse caso, porém, é detectável e costuma se tornar pública rapidamente, dizem.

Veja mais

Autor: Leila Souza Lima
Referência: Valor Econômico