Capitolio


Teich critica ‘fila única’ e já admite possibilidade de adotar ‘lockdown’

07 de maio 2020

Mesmo se valendo de tom conciliador, o ministro da Saúde, Nelson Teich, manifestou ontem sua discordância à adoção da “fila única” para acesso de pacientes com o novo coronavírus aos leitos de UTI, da rede pública ou privada. Além disso, ele admitiu a possibilidade de adotar medidas mais duras de distanciamento social, como o “lockdown”, no enfrentamento da pandemia no país.

“A fila única é um assunto bastante delicado. No que eu conhecia, ela tinha um conceito diferente que a fila única do SUS, onde você tenta criar um aumento de eficiência quando se coloca numa ordem e aquilo é distribuído rapidamente. Mas o que eu vi na oncologia, por exemplo, não foi isso. Vi a fila ser menos eficiente do que era antes”, afirmou o ministro, em entrevista no Palácio do Planalto.

Veja mais

Autor: Rafael Bitencourt e Fabio Murakawa
Referência: Valor Econômico