Capitolio


Previ tem déficit de R$ 24 bi no 1º trimestre

15 de maio 2020

Resultado, que já teve melhora em abril, se deve à desvalorização de 26% da renda variável

A crise nos mercados causada pelo avanço do coronavírus levou a Previ, fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil, a um déficit de R$ 24 bilhões no primeiro trimestre do ano.

O resultado refere-se ao Plano 1, de benefício definido (BD), que concentra a maior parte dos investimentos em bolsa. Com o resultado positivo da bolsa em abril, houve recuperação de R$ 2 bilhões, segundo dado prévio.

Veja mais

Autor: Juliana Schincariol
Referência: Valor Econômico