Capitolio


Carteira conservadora ajuda Postalis a bater meta mesmo na crise

28 de maio 2020

Um portfólio de investimentos conservador permitiu que o Postalis, fundo de pensão dos Correios, tivesse um resultado positivo no primeiro quadrimestre do ano – e acima da meta atuarial.

Com a estratégia, o plano de benefício definido (BD) teve um resultado positivo de 2,8% nos primeiros quatro meses de 2020, ante meta de 1,8%. Já o Postalprev, de contribuição variável, ficou negativo em 2,41%, disse ao Valor o diretor de investimentos Alexandre Miguel. A intervenção acabou em dezembro passado e agora há uma diretoria provisória até as eleições em junho.

“Por ter passado tudo o que passou nos últimos anos, o Postalis tinha uma carteira bem conservadora. Isso limita os ganhos em épocas de otimismo mas também segura perdas em momentos de derrocadas como tivemos recentemente nos mercados”, diz o diretor de investimentos da entidade, Alexandre Miguel. Além da carteira conservadora, a meta atuarial, de 4,6% mais INPC, foi de apenas 1,8% no período. Como o indexador ficou negativo, o objetivo também foi mais baixo. No ano passado, por exemplo, foi de 9,62%.

Veja mais

Autor: Juliana Schincariol
Referência: Valor Econômico