Capitolio


Linha emergencial prevê R$ 2 bi para hospitais e grandes laboratórios

09 de junho 2020

Taxa é Selic mais 1,5% ao ano, com prazo de quatro anos e 12 meses de carência

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou ontem uma linha de crédito emergencial de R$ 2 bilhões para empresas do setor de saúde, como laboratórios e hospitais, que enfrentam dificuldades financeiras em meio à pandemia de covid-19.

Chamado de Crédito Direto Emergencial, o programa prevê crédito livre direto, que pode ser usado, por exemplo, para reforçar o fluxo de caixa das companhias privadas, sejam elas com ou sem fins lucrativos.

Veja mais

Autor: Bruno Villas Bôas e André Ramalho
Referência: Valor Econômico