Capitolio


Fora dos trilhos

27 de julho 2020

A Refer, fundo dos funcionários de ferrovias, recorreu ao TJ do Rio para cobrar de operadores de investimentos e consultorias financeiras o prejuízo que seus segurados tiveram com fraudes. A causa é defendida pelo Antonelli Advogados. Em maio de 2018, o MPF chegou a estimar o rombo na Refer em R$ 270 milhões.

Autor: Ancelmo Gois
Referência: O Globo