Capitolio


Funcionários da Caixa ameaçam recorrer contra IPOs

14 de agosto 2020

Ofertas de ações de subsidiárias esvaziam banco, segundo presidente da Fenae

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae) estuda a possibilidade de ingressar com ação direta de inconstitucionalidade (Adin) para tentar barrar a venda de subsidiárias do banco, incluindo a Caixa Seguridade.

O argumento é que a medida provisória 995/2020, que autoriza a Caixa a abrir o capital de suas subsidiárias, na verdade desrespeita dispositivo constitucional que determina que as empresas-mãe não sejam vendidas sem autorização do Congresso. Decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) confirma essa interpretação, segundo a Fenae.

Veja mais

Autor: Talita Moreira
Referência: Valor Econômico