Capitolio


Aumento de capital não equaciona desenquadramento técnico no IRB

30 de agosto 2020

O aumento de capital de R$ 2,3 bilhões recém-concluído pelo IRB não foi suficiente para solucionar o desenquadramento técnico do ressegurador, que é alvo de uma fiscalização especial da reguladora Susep desde maio por conta disso.

Conforme o último resultado divulgado pelo IRB, a insuficiência de liquidez regulatória passou de R$ 2,1 bilhões em março de 2020 para R$ 3,4 bilhões em junho. Não é possível saber qual o volume de recursos necessário para equalizar a situação hoje, se ele alcança exatamente essa diferença de R$ 1 bilhão, uma vez que o último dado disponível é de 30 de junho e a empresa não informa o valor atualizado.

Veja mais

Autor: Ana Paula Ragazzi
Referência: Valor Econômico