Capitolio


SUS economiza R$ 290 milhões com redução de infecções hospitalares em UTIs

31 de agosto 2020

Com a diminuição dos índices entre janeiro de 2018 e julho de 2020, foram preservadas 2.200 vidas

A redução dos índices de infecções hospitalares em 116 unidades de terapia intensiva (UTIs) de hospitais públicos e filantrópicos do Brasil, entre janeiro de 2018 e julho de 2020, provocou uma economia de R$ 290 milhões ao SUS.

Passo a Passo

Com a diminuição, foram preservadas 2.200 vidas. No período, foi percebida uma queda em 46% de ocorrências de infecção primária da corrente sanguínea associada a cateter venoso central e de 51% de pneumonia associada à ventilação mecânica.

Parceria

As informações são do projeto Saúde em Nossas Mãos – Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil, idealizado pelo Ministério da Saúde em colaboração com hospitais do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional (Proadi) do SUS.

Aqui, Não

A iniciativa orienta profissionais de saúde a usar metodologias e ferramentas que visam aumentar a segurança do paciente na UTI.

Autor: Monica Bergamo
Referência: Folha de São Paulo