Capitolio


Planos têm R$ 274 milhões bloqueados pela Justiça

04 de setembro 2020

Seis operadoras de plano de saúde tiveram R$ 274,7 milhões bloqueados pela Justiça, desde o início do ano, como forma de assegurar o pagamento de débitos cobrados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) em razão de multas e outras infrações. O somatório consta em balanço inédito da Advocacia-Geral da União (AGU), que menciona as empresas Unimed/BH, Sul America, Hapvida, Golden Cross, VisionMed e Agemed Saúde.

O levantamento cita R$ 135 milhões de janeiro a junho, mas o Valor apurou que outras ações judiciais posteriores gerou garantia de mais R$ 139 milhões. O montante advém de sanções aplicadas por condutas irregulares, como operações de produto sem registro da ANS, adesão de beneficiários em contratos coletivos ilegais ou exercício de atividade sem autorização.

Veja mais

Autor: Luísa Martins
Referência: Valor Econômico