Capitolio


IRB poderia não ter sobrevivido a fraudes

21 de setembro 2020

Troca de gestão permitiu identificar problema a tempo

Quando aceitou o convite dos bancos acionistas e do governo para assumir o IRB no momento mais turbulento da história do ressegurador, Antonio Cassio dos Santos não tinha ideia do tamanho do problema que viria pela frente. A missão inicial, de máxima urgência, era recuperar a credibilidade da empresa. Para tanto, era preciso liderar uma apuração sobre as circunstâncias do vazamento, pela antiga administração, de uma falsa lista que incluía o Berkshire Hathaway, fundo do megainvestidor americano Warren Buffett, como acionista do ressegurador.

Veja mais

Autor: Ana Paula Ragazzi
Referência: Valor PRO