Capitolio


O Segredo das campeãs

30 de outubro 2020

As empresas que se destacaram em seus negócios em plena pandemia

Não havia quem pudesse estar preparado para o que começou a ocorrer em março. A pandemia que se alastrou pelo mundo de forma inédita na história da humanidade transformou de forma imediata a vida de todos. No caso do universo empresarial, como mostram as entrevistas com executivos premiados em mais uma edição do Finanças Mais, agilidade e conhecimento profundo de suas respectivas áreas de atuação se transformaram nas principais ferramentas para atravessar a grande turbulência que atingiu todos. As empresas que se destacaram não negligenciaram a grave crise sanitária, nem correções de rota nos negócios conforme o momento exigia. A rotina dos últimos meses, como diz o presidente do Bradesco, já deixou marcas, inclusive em nível pessoal.

METODOLOGIA

RADIOGRAFIAS FINANCEIRAS

Obtidos a partir de uma verdadeira radiografia das instituições financeiras, os já tradicionais rankings do Finanças Mais foram construídos com base nas demonstrações contábeis publicadas nos balanços de 2019.

A metodologia foi desenvolvida pela Austin Rating, consultoria reconhecida pela tradição e competência na análise do setor financeiro nacional

BANCOS

Os bancos são divididos em cinco grupos, de acordo com o nicho de atuação: Atacado, Financiamento, Middle Market, Montadoras e Grupos, e Varejo. Três pilares são mensurados: crescimento, liderança de mercado e desempenho.

O crescimento é avaliado com base na evolução dos números de maior relevância no balanço patrimonial das instituições, carteira de crédito, ativos, patrimônio líquido, receita de crédito e receita de serviços. A liderança de mercado é definida pela relação do total de ativos da instituição com o total de ativos do segmento, enquanto o desempenho é estabelecido a partir de indicadores relacionados a solidez, qualidade do ativo, rentabilidade e custo.

SEGURADORAS

No caso das seguradoras, as empresas são agrupadas em seis categorias: seguros gerais, auto, patrimonial, serviços financeiros, saúde, e vida e previdência. Três critérios são avaliados inicialmente: prêmios emitidos, contribuições para cobertura de riscos e rendas de contribuições. Em seguida, com base no balanço patrimonial das companhias, são avaliados o volume, o crescimento e o desempenho financeiro de cada grupo. Os critérios nessa análise são o patrimônio líquido, as provisões técnicas, as receitas com prêmios e contribuições, a estrutura de custos, as margens financeiras e de rentabilidade. Tudo isso resulta na pontuação que estabelece a ordem dos rankings.

OUTRAS CATEGORIAS

Já as regras para definir as melhores corretoras/distribuidoras, empresas de leasing e financeiras levam em conta a evolução em crescimento, patrimônio líquido e desempenho. A definição das melhores empresas de capitalização se baseia na análise de porte e crescimento, liderança de mercado e desempenho. “O sistema financeiro brasileiro vem se desenvolvendo e se fortalecendo há muitos anos. A crise trazida pela pandemia foi uma grande prova de solidez e de maturidade”, observa o economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini. “Os bancos ampliaram créditos, postergaram financiamentos de pessoas físicas, renegociaram contratos, sem que tivéssemos uma instituição sequer fragilizada.”

Referência: Estado de São Paulo