Capitolio


Internações por Covid-19 na Grande SP alcançam maior índice desde setembro

13 de novembro 2020

Médicos têm feito reiterados alertas, em especial às classes A e B, que têm relaxado nos cuidados

O número de internações por Covid-19 na região da Grande São Paulo chegou a 677 na quinta — o maior desde 30 de setembro, quando 724 pessoas foram hospitalizadas.

SINAL

Na capital, a ocupação de leitos de hospitais municipais, que chegou a 1.930 no pico da epidemia, entre maio e junho, veio caindo de forma consistente e registrou um piso de 519 internações em outubro. Mas teve ligeira subida depois disso — e, em novembro, estacionou.

SINAL 2

As internações estão agora no patamar de 640, sem apresentar sinais de queda.

PONTA…

“De fato houve um aumento muito discreto no setor público”, diz o infectologista Renato Tardelli Pereira, diretor do Hospital de Pirituba (José Soares Hungria).

… DA LINHA

Na instituição que ele dirige, na zona norte da capital, o número de internados chegou a 110 no pico, em maio, caiu para 30 em outubro — e, no domingo passado (8), subiu para 67 doentes.

ALERTA

“O ligeiro aumento mostra que devemos seguir em prontidão”, afirma ele. “Estamos também de olho no que acontece nos EUA e na Europa, que sempre antecipam o que vai ocorrer no Brasil com problemas respiratórios.”

DE VOLTA

A Europa vem registrando aumento exponencial de casos de infecção pelo coronavírus, e adotando novas medidas de restrição.

É FESTA

Hospitais privados de SP também registraram aumento no atendimento de pacientes e médicos têm feito reiterados alertas, em especial às classes A e B, que têm relaxado nos cuidados em encontros privados e festas.

Autor: Monica Bergamo
Referência: Folha de São Paulo