Capitolio


Petros zera perdas do ano com foco em bolsa e NTN-B

16 de dezembro 2020

Entidade reforça gestão ativa para aumentar retornos Petros zera perdas do ano com foco em bolsa e NTN-B

A Petros aumentou a posição em renda variável e NTNB-s ao longo do ano e conseguiu reverter, em novembro, as perdas causadas pela crise do novo coronavírus em 2020.

A estratégia bem-sucedida fez com que o fundo de pensão dos funcionários da Petrobras, que tem um patrimônio de mais de R$ 100 bilhões, reforçasse a aposta na gestão ativa como uma opção mais eficiente na busca por retorno.

“Olhando para o futuro, vamos reforçar a gestão ativa. Daqui para frente as fundações não vão poder fazer ‘buy and hold’ [comprar e manter os ativos], as metas ficaram muito arrojadas”, disse ao Valor o diretor de investimentos, Alexandre Mathias.

Em novembro, os investimentos subiram 6,79%, considerando todos os planos administrados pela Petros, elevando a rentabilidade acumulada do ano para 3,26%. Em 12 meses, os ganhos são de 5,72%. A rentabilidade obtida de abril a novembro contribuiu para um crescimento de cerca de R$ 15 bilhões da carteira de investimentos da fundação.

Veja mais

Autor: Juliana Schincariol
Referência: Valor Econômico