Capitolio


Após um semestre de queda, Rede D’Or retoma crescimento

26 de fevereiro 2021

Pacientes voltam a realizar procedimentos eletivos, adiados pela pandemia

Em sua primeira divulgação de resultados como companhia aberta, a Rede D’Or apresentou crescimento nos principais indicadores no quarto trimestre de 2020, em recuperação em relação aos primeiros meses da pandemia. Esse desempenho é visto como um indicativo de que a retomada será mantida neste ano, mesmo num cenário de alto contágio. Isso porque há uma combinação de pacientes voltando a realizar procedimentos médicos eletivos e casos de covid-19.

No quarto trimestre, a taxa de ocupação de leitos do grupo ficou em 77,6%, acima dos 73,6% apurados no mesmo período de 2019, quando ainda não havia a pandemia. A Rede D’Or conta com 52 hospitais, que juntos possuem quase 9 mil leitos.

No acumulado do ano, o lucro líquido caiu 61,4%, para R$ 460 milhões, impactado pelo desempenho no primeiro semestre, cujo prejuízo somou R$ 193 milhões. Já nos últimos três meses, o lucro líquido registrou alta de 7%, atingindo R$ 303 milhões.

Veja mais

Autor: Beth Koike
Referência: Valor Econômico