Capitolio


Integração de operadoras vai levar mais de dois anos

02 de março 2021

Hapvida e Intermédica querem aproveitar, separadas, setor aquecido

A integração entre Hapvida e Grupo NotreDame Intermédica (GNDI), que confirmaram neste fim de semana uma fusão, deve levar cerca de dois anos.

Neste período, cada operadora deve continuar trabalhando com seus planos de expansão orgânica e de aquisições. “Temos que tomar muito cuidado para não atrapalhar o que está indo bem [com cada operadora]”, disse Jorge Pinheiro, presidente da Hapvida.

Irlau Machado, presidente da NotreDame Intermédica, concordou, pontuando que cada empresa continuará, neste período, também usando seus respectivos acessos a capitais.

Os executivos participaram nesta segunda-feira de teleconferência para analistas e investidores para tratar da fusão que cria uma companhia com 13,6 milhões de usuários.

Veja mais

Autor: Beth Koike
Referência: Valor Econômico