Capitolio


Seguro rural cresceu 108% em 2020

04 de março 2021

A contratação de apólices de seguro rural mais que dobrou no ano passado na comparação com 2019, informou o Ministério da Agricultura nesta quarta-feira.

O número de apólices cresceu 108%, passando de 93,1 mil a 193,4 mil de um ano a outro. O ministério aplicou todo o orçamento previsto para o programa de subvenção, de R$ 881 milhões. Esse montante apoiou a cobertura de 13,7 milhões de hectares e um valor total segurado de R$ 45,8 bilhões em todo o país.

De acordo com relatório divulgado ontem pela Pasta, os índices mostram uma evolução acima de 100% em relação a 2019. Naquele ano, a área segurada ficou em 6,7 milhões de hectares, enquanto o capital protegido dos produtores totalizou R$ 19,5 bilhões.

O ministério ainda não divulgou as perspectivas para 2021. Apesar de ter anunciado R$ 1,3 bilhão para o orçamento deste ano durante o lançamento do Plano Safra, em junho do ano passado, o valor deve ficar em R$ 1,06 bilhão.

A taxa de sinistralidade em 2020, de 84%, foi superior à media de 76% dos últimos sete anos, mas menor que os 89% de 2019. Ao todo, as 14 seguradoras que atuam no mercado do seguro rural pagaram R$ 2,5 bilhões em indenizações aos produtores em 2020. No ano anterior, as indenizações somaram R$ 1,96 bilhão.

Veja mais

Autor: Rafael Walendorff
Referência: Valor Econômico