Capitolio


Grupos de saúde avançam fora do eixo Rio-SP e aceleram consolidação

07 de abril 2021

Redes de hospitais e laboratórios vão para o Nordeste e regiões agrícolas

Grandes redes hospitalares e laboratórios estão avançando fronteiras fora do eixo Rio-São Paulo para expandir seus domínios em regiões onde o agronegócio cresce e em capitais do Nordeste, em mais um movimento de consolidação do setor.

Com o caixa gordo depois de fazer uma captação de R$ 11,4 bilhões no fim do ano passado em sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), a Rede D’Or tem planos ambiciosos para fazer uma “interiorização” de sua marca, apurou o Valor. Com cerca de 50 hospitais, a companhia vai continuar crescendo por meio de aquisições – a empresa anunciou na segunda-feira a compra de 51% de uma unidade em Belo Horizonte -, mas também quer expandir seu negócio com a construção de pelo menos 10 novos hospitais em regiões onde não está presente.

Uma das maiores redes hospitalares privadas do país, a companhia fundada pela família Moll deu passos importantes nos últimos anos para chegar em capitais importantes do Nordeste, com aquisições na Bahia, Sergipe, Ceará, Pernambuco e Maranhão, além de expandir seus negócios no Paraná, Estado onde o agronegócio é pujante. A rede também avalia a região Centro-Oeste, onde ainda não está presente.

Veja mais

Autor: Mônica Scaramuzzo
Referência: Valor Econômico