Capitolio


Omint desenvolve nova marca para oferecer convênio para pessoa física

12 de maio 2021

Após mais de um ano de pandemia, pode até ter virado lugar comum dizer que a crise acelerou a demanda no setor de saúde, afinal os impactos parecem óbvios, como a busca por guarda-chuvas em uma tempestade.

Mas um dos efeitos da crise sanitária foi, em certa medida, inesperado: a volta de um segmento adormecido, o dos planos médicos individuais, que passaram a ser oferecidos por empresas iniciantes de forte base tecnológica, as “health techs”. Ciente dessas transformações, a operadora de plano de saúde Omint decidiu criar sua própria startup e está voltando ao mercado de planos individuais com a Kipp Saúde.

“A Kipp é uma empresa à parte da Omint e será o braço onde vamos investir todo nosso foco de inovação”, diz o CEO do grupo André Coutinho. “Os produtos para empresas ficam na Omint e os de pessoas físicas na Kipp”.

A Omint chegou a ter planos para pessoa física, mas, com o tempo, “o custo elevado tornou inviável para a empresa continuar oferecendo esses produtos”. O grupo parou de oferecer planos individuais em 2014.

veja mais

Autor: Sérgio Tauhata e Beth Koike
Referência: Valor Econômico