Capitolio


ATTA, de crédito imobiliário, faz aquisição e entra no mercado de seguros

13 de maio 2021

Com a aquisição de mais de 60% da corretora Otimize, ATTA quer inovar no mercado de garantias locatícias 

A ATTA, plataforma de crédito imobiliário, anunciou a aquisição da empresa Otimize, de consultoria de seguros. Com a compra, a ATTA passa a ter mais de 60% de participação na empresa, e pretende buscar atuação no mercado de seguros, até então inexplorado pela companhia.

A ATTA é hoje a principal plataforma independente de crédito imobiliário do país, ou seja, tem foco em financiamentos imobiliários. Diferente de outras empresas gigantes do setor, como a Creditas, a ATTA não trabalha com créditos com garantias, mas sim com financiamento e garantias locatícias, como seguro incêndio, home equity e seguro fiança. A empresa também tem uma frente voltada a benefícios empresariais.

A aquisição, de valor não divulgado, vem para inserir a empresa no segmento de seguros. Em um primeiro momento, a ATTA vai criar uma nova solução para comparação e contratação online de garantias locatícias. Depois, a ideia é oferecer um modelo de contratação de benefícios empresariais totalmente online e uma nova linha focada em seguro saúde.

Com a aquisição, Alexandre Kapty, CEO e cofundador da Otimize, também passa a ser responsável pela gestão do novo núcleo de seguros da ATTA.

“Com a Otimize, passamos a garantir um time completo de profissionais altamente capacitados na oferta e gestão de produtos com foco em Garantias Locatícias e Seguros. Além disso, agora também temos uma grande carteira de clientes para fortalecer o relacionamento e criar novas possibilidades e ofertas”, comenta Renato Caporrino, CEO e fundador da ATTA.

Fundada em 2014, a ATTA emprega mais de 100 funcionários e tem hoje 200.000 clientes, que juntos já tomaram mais de 4 bilhões de reais em créditos imobiliários apenas nos últimos três anos. No último ano, a empresa também cresceu em 150% em número de franquias.

Autor: Maria Clara Dias
Referência: Exame.com