Capitolio


Com reforma da Previdência, Funpresp devolve R$ 134 milhões para participantes

19 de julho 2021

Valor é referente à reserva para ajudar a bancar servidores que tinham tempo menor de contribuição assegurado pela Constituição

A Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público (Funpresp) devolveu R$ 134 milhões para as contas individuais de cerca de 70 mil de seus participantes. O valor corresponde ao que o fundo reservava de contribuições dos servidores para ajudar a bancar as aposentadorias de mulheres, policiais e professores de educação básica que tinham um tempo menor de contribuição assegurado pela Constituição Federal.

Com a reforma da Previdência, que foi promulgada em 2019, houve a equiparação do tempo de contribuição dos servidores (25 anos) e essa reserva deixou de ser necessária.

Segundo o diretor de Seguridade, Cícero Dias, essa contribuição para o chamado fundo coletivo foi extinta em março e os recursos devolvidos para as contas individuais dos participantes em junho. Ele explicou que, com a mudança, quase 90% da contribuição do servidor será destinada para a conta individual. Antes, esse percentual correspondia a 75%. A contribuição para o fundo coletivo continuará existindo, porém, num valor menor e para financiar benefícios por invalidez, morte e sobrevivência.

Veja mais

Autor: Edna Simão
Referência: Valor Econômico