Capitolio


Hospitais com UTIs lotadas por Covid-19 despencam de 62% para 2% em SP

03 de agosto 2021

Informações são de levantamento do SindHosp, que representa as instituições privadas

O número de hospitais privados no estado de São Paulo com taxa de ocupação de UTI para Covid-19 acima de 80% despencou. Em julho, 62% das instituições registravam esse índice de lotação. Agora, apenas 2% estão com as unidades intensivas com esse percentual de ocupação. E 5% chegam a mais de 90%.

Média

De acordo com o SindHosp (sindicato dos hospitais, clínicas e laboratórios paulistas), 42% dos hospitais possuem ocupação de UTI entre 51% e 70%, enquanto 33% registram ocupação entre 71% e 80%.

Reflexo

Também a ocupação de leitos clínicos para Covid-19 caiu: apenas 2% dos hospitais têm mais de 80% deles ocupados, contra 6% na pesquisa anterior.

Respiro

A pesquisa, realizada entre 26 de julho e 1º de agosto, mostra que 94% dos hospitais não tiveram aumento de internações de Covid-19 nos últimos dez dias.

Mapa

O SindHosp ouviu 66 hospitais, que somam 2.795 leitos de UTI e 5.512 leitos clínicos dedicados à Covid.

Rotina

Com a queda de internações em decorrência do novo coronavírus, há um movimento de retomada dos atendimentos não-Covid nos hospitais —e 29% deles já registram aumento de 20% das cirurgias eletivas. “Resultado, sem dúvida, do avanço da vacinação”, afirma o médico Fransciso Balestrin, presidente do SindHosp

Autor: Monica Bergamo
Referência: Folha de São Paulo