Capitolio


Oito indiciados por fraude em seguro

04 de agosto 2021

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) indiciou oito homens pelos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e estelionato. De acordo com as investigações, a organização criminosa interestadual atuava há cerca de dois anos com destruições de veículos e embarcações para receber indenização de seguros. Entre os investigados está um cirurgião plástico de Goiânia (GO) e cinco empresários de Brasília.

Nomeada Navio Fantasma, a operação foi conduzida pela Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri). A PCDF solicitou a prisão preventiva dos investigados, mas a Segunda Vara Criminal de Brasília entendeu a medida como desnecessária.

De acordo com as apurações, nos últimos dois anos, o grupo investigado forjou cinco acidentes automobilísticos para recebimento do valor do seguro. No total, já foram destruídos 10 veículos, dois em cada acidente. Os acidentes ocorreram no Setor de Clubes Esportivos Sul (SCES) e na rodovia DF-140, nas proximidades do Complexo da Papuda, sempre na madrugada. Entre os veículos destruídos, estão três BMWs, um Porsche e um Chrysler. Em 2019, o grupo incendiou uma embarcação de 50 pés, as margens do Lago Corumbá, em Caldas Novas (GO), e conseguiu R$ 750 mil de indenização.

Referência: Correio Braziliense