Capitolio


Executivo admite troca de diagnósticos de doentes de covid na Prevent Senior

23 de setembro 2021

Pedro Batista Júnior passou da condição de testemunha a de investigado

Em depoimento ontem à CPI da Covid, o diretor-executivo da Prevent Senior, Pedro Batista Junior, admitiu que a operadora de saúde adotou um procedimento que permitia aos médicos alterar o código de diagnóstico de pacientes internados após confirmação de contaminação pelo coronavírus.

Com a mudança, que ocorria pelo menos duas semanas depois da entrada dos pacientes, a doença deixava de ser mencionada nos prontuários e era substituída por outro diagnóstico.

A declaração de Batista Júnior provocou uma forte reação de senadores que integram a CPI, que destacaram a desonestidade do profissional. Relator da CPI, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) incluiu o executivo da Prevent Senior no rol de investigados do colegiado. O emedebista disse que repassará todas as informações coletadas durante os trabalhos da comissão para que a Procuradoria-Geral da República e a Procuradoria de Justica de São Paulo aprofundem as investigações sobre a empresa.

Veja mais

Autor: Marcelo Ribeiro e Matheus Schuch
Referência: Valor Econômico