Capitolio


Hospitais privados discutem modelo do setor em meio à crise da Prevent Senior

28 de setembro 2021

A questão da verticalização, em que a operadora do plano de saúde tem sua própria rede hospitalar, é um dos focos de análise

Em meio às discussões sobre a crise da Prevent Senior, o setor de hospitais decidiu expandir o debate de seu congresso anual para além da pauta científica.

Antônio Britto, diretor-executivo da Anahp (associação que reúne hospitais privados), diz que o momento exige reflexão sobre temas institucionais. A questão da verticalização, em que a operadora do plano de saúde tem sua própria rede hospitalar, como é o caso da Prevent, será um dos focos de análise.

O mercado de saúde no Brasil passa por consolidação, e a busca por redução de custos precisa preservar a qualidade e a ética nos serviços prestados, afirma Britto, sobre os debates do Conahp, o congresso que vai acontecer entre 18 e 22 de outubro.

Segundo ele, o setor também quer discutir por que os planos de saúde não conseguem crescer mais no Brasil, ultrapassando os 50 milhões de beneficiários, a despeito da demanda. Britto afirma que também há dificuldade em incorporar novas tecnologias devido às limitações da capacidade de financiamento.

O modelo de remuneração é outro entrave, porque os hospitais recebem pelos serviços que prestam, independentemente do desempenho. “Os recentes episódios no país apontam que é indispensável, por razões econômicas e éticas, que a remuneração considere o que o prestador de serviço ofereceu, o resultado e a qualidade da assistência prestada”, diz Britto.

Autor: Joana Cunha
Referência: Folha de São Paulo