Capitolio


Seguros: quais são importantes e quando contratar?

08 de novembro 2021

Primeiro passo é entender sua situação financeira e o grau de exposição a riscos que tem disposição para assumir

Tirando os casos do plano de saúde e do carro, sempre sinto que estou jogando dinheiro fora quando me falam para fazer um seguro. Queria saber quais seguros realmente fazem sentido e em que situações.

Tatiana Felix Bauab, CFP, responde:

A população de contratantes de seguros é muito heterogênea, com diferentes contextos de vida, idades, expectativas, situação financeira e capacidade e tolerância a risco. Dessa forma, as seguradoras estão constantemente avaliando as necessidades do mercado e comercializando novos tipos de seguros.

Existem seguros que são direcionados para a recomposição de bens e outros para eventos inesperados em relação à vida, tais como perda de renda, invalidez, sustento da família em caso de morte etc.

Não existe contratação de seguro certa ou errada. Existe seguro que faz sentido contratar, considerando o seu contexto de vida, e outros que não fazem sentido. Por isso, é sempre importante você entender a sua situação financeira e o grau de exposição a riscos que está disposto a assumir.

Veja mais

*Tatiana Feliz Bauab é planejadora financeira pessoal e possui a certificação CFP (Certified Financial Planner) concedida pela Planejar – Associação Brasileira dos Planejadores Financeiros E-mail: [email protected]

Referência: Valor Econômico