Capitolio


Metlife reforça conscientização da equipe

13 de dezembro 2021

Políticas, programas, pesquisas internas e monitoramento fortalecem caminho para a equidade

O desafio em promover a equidade de gênero no setor de seguros tem engajado, ano a ano, um número crescente de empresas.

As mulheres representam mais de 55% dos quase 30 mil funcionários de uma amostra com companhias responsáveis por 80% do setor, segundo pesquisa divulgada pela Escola Nacional de Seguros (ENS). No entanto, apenas 13% dos cargos de conselho de administração contam com mulheres. No nível de diretoria, são 22,8%, de acordo com dados do relatório de sustentabilidade elaborado pela CNseg, a confederação de seguradoras, divulgado em setembro de 2021.

Daniela Dall’Acqua, diretora de RH: ações visam garantir que os colaboradores tenham liberdade para expressar suas opiniões e serem eles mesmos — Foto: Divulgação

Uma dessas mulheres em cargo de liderança é Daniela Dall’Acqua, diretora de RH da MetLife Brasil, subsidiária da maior seguradora de vida dos Estados Unidos, no país há 22 anos. O grupo tem 47% de mulheres em cargos de liderança, de gerência para cima. “A meta é avançar e ter pelo menos 50%”, ressalta a executiva que está há dois anos e meio no cargo, depois de construir carreira em empresas como Microsoft e Pfizer.

Veja mais

Denise Bueno
Referência: Valor Econômico