Capitolio


Sami recebe aporte

14 de dezembro 2021 Paulo Araripe Jr.

A Sami, startup de planos de saúde, recebeu aporte de R$ 110 milhões da DN Capital, Monashees, Redpoint e ValorCapital. Esse é o segundo investimento recebido pela operadora criada em 2020. No total, foram cerca de R$ 200 milhões. A Sami tem 7 mil usuários de micro e pequenas empresas, que pagam em média R$ 300 pelo convênio médico. Um dos destaques da operadora é a taxa de sinistralidade: nos clientes mais antigos, esse índice é de 40% e nos mais novos, de 60%, segundo Vitor Asseituno, fundador da Sami.

Veja mais

Referência: Valor Econômico