Capitolio


Representante do mercado, Camillo assume a Susep

17 de dezembro 2021

Há pontos do open insurance que necessitam de compreensão, diz novo superintendente 

Oficialmente à frente da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Alexandre Camillo afirmou que vai criar um ambiente de fomento ao desenvolvimento do setor. A experiência de mais de 40 anos no mercado de Camillo foi destacada por representantes do segmento que participaram da cerimônia de posse do executivo ontem, no Rio. Para Camillo, o “open insurance” é uma realidade sem volta do mercado, mas há pontos que necessitam de melhor compreensão.

Antes de assumir o principal cargo da Susep, Camillo era presidente do Sindicato de Empresários e Profissionais Autônomos da Corretagem e da Distribuição de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP), além de diretor da Camillo Corretora de Seguros.

“Vou procurar sedimentar, talvez com um ajuste na forma do entendimento do open insurance”, afirmou Camillo a jornalistas. Pelo calendário apresentado pela Susep, a primeira fase termina em junho de 2022. Até lá, as empresas terão que cumprir um cronograma que envolve compartilhar dados públicos, como canais de atendimento e produtos disponíveis, da mesma forma que ocorreu com o “open banking”.

Questionado sobre a implementação das sociedades iniciadoras de serviço de seguro (Siss), Camillo disse que a nova figura do mercado trazida no projeto do open insurance ainda não está completamente compreendida.

Veja mais

Autor: Juliana Schincariol e Gabriel Vasconcelos
Referência: Valor Econômico