Capitolio


Retomada do turismo faz crescer busca por seguro-viagem

02 de janeiro 2022

A preocupação com a Covid-19 é o principal motivo apontado pelos passageiros para contratar o serviço

Com a retomada do turismo, aumentou a procura por seguros de viagem.

Em 2022, Thamires dos Santos fará duas viagens internacionais: para Curação, no Caribe, e San Diego, nos Estados Unidos. Agora, ela procura um seguro-viagem com cobertura mais ampla.

Com a retomada do turismo, muitas agencias registram aumento na procura por seguro-viagem. A preocupação com a Covid-19 é o principal motivo apontado pelos passageiros para contratar o serviço. Por causa da doença, muitos países passaram a exigir o seguro, que antes não era obrigatório.

“País que não tem hoje um sistema público universal, como nós temos o SUS vai obter um custo médio de uma consulta nos Estados Unidos de US$ 500 dólares [aproximadamente R$ 2.789]. E até mesmo se ele precisar internado, uma diária pode chegar a US$ 25 mil [R$ 139,4 mil]”, alertou Bruno Motta, diretor de uma seguradora.

O preço do seguro internacional que cobre Covid-19 varia dependendo do destino, da quantidade de dias e da idade do passageiro.

O seguro cobre de extravio de bagagens a atendimento médico.