Capitolio


Meu Plano, Minha Vida

14 de janeiro 2022

O setor de planos de saúde espera fechar o balanço do ano de 2021 com alta de 2,8% no número de clientes, seu melhor desempenho desde 2013. Se confirmada a projeção, os convênios estarão perto da marca de 49 milhões de beneficiários de planos médico-hospitalares – o maior patamar desde dezembro de 2015.

Lupa

A estimativa é da Federação Nacional de Saúde Suplementar (Fena Saúde), entidade que representa os principais grupos de operadoras de planos de saúde do país. A conta final será fechada nas próximas semanas.

Demanda

Com a pandemia da Covid-19, o segmento passou a ganhar usuários mês a mês de forma contínua, após anos de perda. Foram 2,2 milhões de novas adesões desde junho de 2020, totalizando 48,6 milhões de clientes até meados de dezembro do ano passado.

Oferta

O movimento, segundo a diretora-executiva da FenaSaúde, Vera Valente, reflete a “busca natural por segurança” em um momento de crise sanitária. A pandemia também impulsionou a valorização do SUS (Sistema Único de Saúde), universal e gratuito – sobretudo em relação à vacinação.

Autor: Monica Bergamo
Referência: Folha de São Paulo