Capitolio


Aumenta busca por seguros para IPOs

17 de janeiro 2022

Empresas procuram instrumentos que cubram ações judiciais por problemas no prospecto

A corrida das empresas à bolsa no ano passado fez disparar a demanda por seguros para ofertas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês). Algumas das maiores companhias do setor viram dobrar ou triplicar a procura por esse tipo de cobertura.

As apólices protegem as candidatas a abrir o capital de eventuais ações judiciais motivadas por informações erradas ou incompletas nos prospectos – não à toa, os documentos entregues à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) costumam trazer uma extensa lista de fatores de risco para os investidores que pretendem colocar dinheiro nas ofertas.

A apólice Posi (sigla em inglês para seguro para ofertas públicas de ações), que protege empresa, pessoas físicas e acionistas de perdas relacionadas ao IPO, é a ferramenta típica desse segmento. O valor da apólice varia diante do tamanho da operação e dos riscos envolvidos, ficando geralmente entre 0,5% e 5% do total da

Veja mais

Autor: Ricardo Bonifim
Referência: Valor Econômico