Capitolio


Falta de mão de obra prejudica atendimento em 38% dos hospitais privados em SP

24 de janeiro 2022 Paulo Araripe Jr.

O tempo médio de espera na emergência para pacientes com suspeita de covid-19 e influenza é de cerca de duas horas em 75% dos hospitais pesquisados

Pesquisa do SindHosp com 81 hospitais privados do Estado de São Paulo, feita entre os dias 12 e 19 de janeiro, mostra que 38% deles enfrentam dificuldades no atendimento de casos de covid e influenza devido ao afastamento de profissionais.

Em agosto do ano passado, 50% dos hospitais diziam que passavam por problemas devido a funcionários doentes, muitos deles com síndrome “burnout” (esgotamento profissional).

Veja mais

Autor: Beth Koike
Referência: Valor Econômico