Capitolio


Insurtech amplia portfólio para cobertura de doenças crônicas

15 de fevereiro 2022

A WinSocial pretende aumentar em 600% a base de segurados com a inclusão de pessoas com HIV, hipertensão, obesidade e histórico de cânceres de mama, pele não-melanoma e próstata

A insurtech WinSocial decidiu se voltar para um público praticamente não atendido pelas seguradoras tradicionais. Em 2019, começou a oferecer seguros de vida, em parceria com MAG (ex-Mongeral Aegon), inicialmente para diabéticos. Agora, vai expandir o portfólio para pessoas com HIV, hipertensão, obesidade e histórico de cânceres de mama, pele não-melanoma e próstata. Com isso, pretende aumentar em 600% a base de segurados.

A entrada nesse mercado foi possível a partir de uma precificação  personalizada, conta o diretor da WinSocial, Rafael Rosas. O mercado segurador utiliza informações muito básicas dos clientes, como sexo, idade e peso. Uma precificação mais personalizada se limitava ao público de altíssima renda, que contrata capital de risco de valores milionários. A subscrição era muito detalhada, mas ainda manual. A WinSocial desenvolveu sistemas para massificar a análise de comportamentos, estilos de vida e cuidados com a saúde.

Veja mais

Autor: Juliana Schincariol
Referência: Valor Econômico