Capitolio


Grupo de empresas do setor segurador estuda criação de metodologia para medir riscos ASG

03 de março 2022

Definição de parâmetros será aliada no estabelecimento de metas e avaliação de cenários

A Aliança Global para Carbono Zero (NZIA) – que reúne mais de 20 seguradoras e resseguradoras de todo o mundo com o objetivo de concluir a transição de suas carteiras de subscrição para emissões de zero gases de efeito estufa (GEE) até 2050 – está se mobilizando para desenvolver uma metodologia padronizada para medir e divulgar as emissões de GEE das carteiras de subscrição de seguros e resseguros.

A diretora- executiva da Confederação Nacional das Seguradoras- Cnseg, Solange Beatriz, explica que o padrão forneceria às seguradoras uma visão mais profunda do perfil de risco de suas carteiras de subscrição.

“A padronização da metodologia será essencial para estimular abordagens inovadoras para descarbonização a partir da criação de parâmetros de comparação. Isso vai ajudar as seguradoras a entender o impacto climático de suas decisões de subscrição, estabelecendo as bases para descarbonizar suas carteiras de seguros e resseguros por meio da definição de metas, análise de cenários e desenvolvimento de estratégias”.

A entidade Partnership for Carbon Accounting Financials (PCAF), que possui vasta experiência na medição de emissões de GEE em carteiras de investimentos e de crédito, está apoiando a NZIA nesta iniciativa. O padrão desenvolvido pela PCAF poderá ser adotado por qualquer seguradora ou resseguradora interessada, independentemente de ser membro da NZIA.

Referência: CNseg