Capitolio


Idec pede paciência e indica troca de plano e uso de portabilidade

04 de maio 2022

A possibilidade de um reajuste alto tem preocupado os consumidores porque chega neste momento muito ruim, com alta do gás, da energia e do supermercado”, observa Ana Carolina Navarette, coordenadora do Programa de Saúde do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). “É preciso lembrar que as estimativas das empresas do setor costumam superar o reajuste autorizado pela ANS”, diz ela. “No ano passado, os cálculos das operadoras ficaram em 2% e o índice da agência foi negativo (em 8,19%).”

Caso o cliente não consiga mais arcar com a despesa, ela recomenda que tente trocar de plano dentro da mesma operadora. Dessa forma, é possível levar com ele as carências que já foram cumpridas. Outra possibilidade é tentar trocar de plano e de operadora, fazendo portabilidade. Para isso, recomenda-se consulta ao guia da ANS no site da agência: o plano para o qual se pretende migrar precisa ser do mesmo valor ou mais barato.

Autor: Cristiane Segatto
Referência: Estado de São Paulo