Capitolio


Na Qualicorp, reajuste de planos deve ir a 20%

12 de maio 2022

A Qualicorp, maior administradora de planos de saúde por adesão do país, prevê reajustes entre 19% e 20% nos contratos com vencimento na metade do ano, período de aniversário da maior parte dos convênios médicos ofertada pela companhia. O percentual é o dobro da inflação (IPCA) apurada no ano passado.

Esse patamar de reajuste pode levar a uma nova onda de cancelamentos de planos de saúde no segundo semestre. Nos três primeiros meses do ano, quando o aumento nas mensalidades dos convênios médicos variou de 12% a 15%, a Quali registrou 131,2 mil cancelamentos, um volume maior do que os 115,2 mil novos contratos. Com isso, a carteira da companhia encerrou o trimestre com uma perda de 16 mil usuários. Diante desse cenário, as ações da companhia fecharam o pregão de ontem com queda de 13,30%.

A estimativa do mercado é que os planos individuais, que são regulados pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), tenham um aumento na casa dos 16%. Já na modalidade empresarial, as operadoras vêm pedindo reajustes de até 30%. No segmento corporativo, há livre negociação e os percentuais efetivamente praticados variam conforme a empresa.

Veja mais

Autor: Beth Koike
Referência: Valor Econômico