Capitolio


Seguradora busca equilíbrio entre tradicional e digital

20 de maio 2022

Mudar a forma de pensar e colocar o cliente no centro são alguns dos desafios da BNP Paribas Cardif Brasil para se transformar em uma empresa de tecnologia que comercializa seguros.

Essa é a missão de Sheynna Hakim, nova CEO da companhia, que falou sobre a necessidade de combinar o melhor da gestão de empresas tradicionais com a velocidade, eficiência e inovação das startups na “Live do Valor “ de ontem.

Para Hakim, as companhias tradicionais vivem num mundo avançado de organização, gestão de negócios, de pessoas e de risco. Por outro lado, as startups estão imersas em um ambiente de velocidade, tecnologia, cliente no centro, dados, mas também de tentativa e erros. A executiva já trabalhou nos dois mundos, com passagens por empresas como Itaú Unibanco, PayPal e a empresa de seguros para celular Pitzi. “Nas startups, vivi de fato o que a tecnologia pode fazer pelo cliente, pelos colaboradores e parceiros e como olhamos para o cliente desde o início.”

Veja mais

Autor: Sérgio Tauhata
Referência: Valor Econômico