Capitolio


Senado tende a aprovar projeto que amplia cobertura de planos

12 de agosto 2022 Paulo Araripe Jr.

Proximidade das eleições dificulta qualquer modificação que vise atenuar projeto

Apesar da pressão dos planos de saúde nos bastidores, a base do governo no Congresso vê como improvável qualquer modificação no texto do projeto que trata da obrigação dos planos de saúde de cobrirem tratamentos que não estejam previstos pela Agência Nacional de Saúde (ANS) – o chamado rol taxativo. A proximidade das eleições e a escolha do senador Romário (PL-RJ) como relator, que é contrário à limitação dos procedimentos de saúde, são fatores que devem impedir qualquer afrouxamento do projeto.

Veja mais

Autor: Renan Truffi e Vandson Lima
Referência: Valor Econômico