Capitolio


Nova regra da ANS impacta cooperativas

23 de dezembro 2022 Paulo Araripe Jr.

Mudanças dizem respeito ao capital regulatório, ou seja, o patrimônio líquido mínimo que uma operadora deve ter

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou, nesta quinta-feira (22), mudanças nas regras de exigência de capital regulatório, ou seja, o patrimônio líquido mínimo que uma operadora deve ter. As novas normas começam a valer em janeiro de 2023 e afetam especialmente as cooperativas médicas.

“O segmento das Unimeds é o mais impactado pelo novo modelo porque elas têm muitas transações entre si”, disse Raquel Marimon, que assume a presidência do Instituto Brasileiro de Atuária (IBA) em janeiro. Quando uma cooperativa tem problemas financeiros há reflexos nas outras.

Veja mais

Autor: Beth Koike
Referência: Valor Econômico