Capitolio


Crise une laboratório, hospital e operadora

24 de abril 2023 Paulo Araripe Jr.

A crise no setor de saúde levou operadoras de planos de saúde, hospitais e laboratórios, que historicamente estiveram em lados opostos, a unir forças para garantir receita e compartilhar riscos.

Diante da crise do setor, seguradoras de saúde, hospitais e laboratórios, que sempre estiveram em lados opostos, agora unem forças para garantir receitas e dividir riscos. Essa estratégia está sendo adotada em diferentes formatos e por diferentes grupos. Rede D’Or e SulAmérica concordaram em se fundir; Oncoclínicas e Unimed Nacional uniram forças para construir um hospital oncológico em São Paulo; Fleury e Sabin criaram um fundo para investir em “healthtechs”; e o Hcor negocia com diversas seguradoras de saúde a construção de seu novo hospital de cardiologia. “No cenário atual, só consigo imaginar a expansão por meio de parcerias”, disse Fernando Torelly, CEO da Hcor.

Torelly disse que só dará andamento ao projeto do novo hospital, cujo terreno já foi adquirido, se tiver a garantia de que a unidade de R$ 400 milhões será utilizada pelas operadoras de saúde quando for inaugurada. Para ele, as parcerias são o caminho a seguir no setor.

Acordos entre concorrentes já foram impensáveis. Isso porque o modus operandi típico do setor de saúde é baseado em uma dinâmica em que quanto menor o volume de procedimentos realizados em hospitais, laboratórios ou clínicas, mais as operadoras ganham porque pagam menos e vice-versa. Essa lógica cria uma relação complexa na cadeia, com cada lado podendo exagerar, seja realizando procedimentos médicos desnecessários ou negando atendimento para melhorar seus lucros.

“Há cerca de 10 anos se fala em novos modelos de pagamento com compartilhamento de risco. Mas continua a situação de quando um ganha o outro perde. Talvez agora, com a crise, essas parcerias de compartilhamento de risco representem uma mudança efetiva no setor ”, disse Leandro Bastos, analista do Citi.

Veja mais

Autor: Beth Koike
Referência: Valor Econômico